terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Quem adivinhar o nome do babaca vai ganhar o que quiser da nossa banquinha

SERÁ QUE O PROBLEMA É PESSOAL?


Fazendo um breve curiculum da pessoa ate chegar no fato do ultimo domingo dia 29/01/2012.
(São fatos que sabemos ou participamos de forma direta ou indireta)

1998 – Pego um cd Gaiola do Mukeka di Rato, aquele com a capinha de papelão, de Fidel Cássio emprestado e nunca volto.

2007 – Um dos primeiros shows do local foi a primeira edição da Festa da Mentira que ia ser na camaradagem como ele adora dizer, o local não tinha nada alem de uma cerca na frente e uma abertura lateral e pelos fundos com sérios riscos de acidente.
Alugamos banheiro e depois do evento foi nos cobrado R$ 300,00 (quase um salário na época).

2008 – Fez um evento em parceria com Francisco Petrônio onde teve vários patrocínios no material gráfico e nunca foi apresentado valores apenas um prejuízo que o Petrônio teve que pagar, fora uma taxa de aluguel. Sendo que havia um acordo de Petrônio fazer pré produção e o outro a produção no dia do evento, coisa que não aconteceu. O senhor do qual estamos falando cobro entrada do Taroba (Dr. Deivid Julio), jogou cachorro quente fora mas não deu ao Rafael Parada que gastou passagem de Governador Valadares para tocar no evento, arrumou um local sem o mínimo de condições para alguém ficar e deixo as bandas cariocas Zé 8 e Miami Bros lá, o Mukeka di Rato ficaria mas não topo e foi para a casa de Petrônio.
A banda Mukeka di Rato em brincadeira quebro dois cabos de vassoura e teve R$ 200,00 do cachê cortado, que Petrônio arcou.
O aluguel da “casa” foi R$ 400,00 sendo apenas uma área acinzentada que nem banheiro tinha.
O mesmo senhor queria alugar sua bateria por R$ 80,00 e a nossa amiga BarbaraGuimarães nos emprestou a bateria do irmão dela e ainda teve que pagar ingresso para ela, o pai (Adão de Faria) e a namorada do pai na época (Lilian de Fraria).

2010 – Aconteceu um fato de uma mesa quebrada no seu estabelecimento que o mesmo junto com alguns cobrava aos gritos de vagabundo ladrão o nosso membro ViniciusRodriguez, simplesmente por ser  amigos da pessoa que quebro, que não sabemos se foi proposital ou não após falta de educação do mesmo.
Só para alimentar sua fama de doidão todo evento quebrava nossa bateria e tínhamos que pagar o concerto, ate que começamos a cortar as bandas do mesmo e falar que na próxima ele pagaria, já que em eventos que utilizava a bateria dele nunca ocorreu o fato.

2011 – Arrumou picunha com comerciante do qual teve que sair com rabo entre as pernas pois o mesmo resolveu tratá-lo como ele adora tratas as pessoas:  no grito e na força.

2012 – No aniversario do Coletivo iniciou um bate boca com a Mel sobre o horário da banda dele tocar, pois a banda do mesmo pediu para tocar em certo horário e se atrasou. Graças a Gabriela Reis a situação foi resolvida de forma bem chata por ele forçar a situação.

Agora chegamos o ápice da podridão da pessoa

Na sexta-feira dia 27 de janeiro encontramos com o senhor Itair Machado presidente do Ipatinga que barrou o evento no CT do Tigre (Aciaria Hall), pois não podia vender ingresso, mesmo alegando que poderíamos fazer com entrada free.
Mas não, não estamos falando do senhor Itair Machado... ainda no dia 27 encontramos com pessoa próxima ao sujeito que nos alertou sobre o risco de levar qualquer evento nosso lá, pois o mesmo desanimava de fazer eventos lá por causa da pessoa. Mesmo assim Francisco Petrônio e Orlando Junior procuram essa pessoa que começa com a mesma conversa fiada de sempre que é parceria e quando falamos dê seu preço na hora falo “R$ 250,00 e vocês limpam antes e depois do evento. E tem que vender meu chopp” e aceitamos.
Chega o dia 29 o mesmo começa a ligar as 9 da manha querendo nos empurrar equipe de seguranças dele que as pessoas que conheci trabalhando com ele eram tão trogloditas quanto será que era pra ajudar ele a nos ofender?!
O tal horário combinado que o mesmo fez tanta questão de comprir era de 12:00 horas do dia 29 as 00:00 do dia 30 de janeiro. E na segunda ligação na parte da manhã a Francisco Petrônio perguntou que horas Petrônio chegaria e ele falou as 15:00, mas lembrando que o Coletivo são mais pessoas e que som estava combinado de ser montado as 14horas. As 14:00 Mel e a equipe de som já se encontravam no local quanto ao proprietário da casa só por volta de 15:30.

Agora vamos por parte.

1ª - Antes do evento começar começou a encher o saco por causa do chopp que compramos pelo preço que ele colocou e queria colocar preço no que nos vendíamos. Fora tratar mal a equipe de som que trabalhamos junto a quase 3 anos sem um único problema de relacionamento entre pessoas. E os seguranças não suportavam o quanto ele era chato e prepotente.

2º - Não deixou Tamiris Eusébio discotecar alegando que não gostava do som dela e por varias vezes vários membros do Coletivo tentou um dialogo com o dono da casa que por acordo não poderia dar um palpite se quer no evento. O mesmo desrespeito durante o evento e após o evento a idéia do Coletivo e de coletividade que todos mandam e obedeciam juntos no evento (membros do Coletivo) puxando saco de Petrônio achando que assim o mesmo continuaria a executar eventos em seu estabelecimento. 
Sendo que Tamiris e Vinicius sempre vão aos eventos lá e questionam Petrônio por ir em poucos.

3º - As 23:40 se encontravam no local: o proprietário e sua simpática namorada, Rafael Martins, Laís, Laura, Ruimar Poubel, Francisco Petrônio, Esdras Aurélio, Orlando Junior, Mel e duas pessoas da empresa de picolés Boachá. O mesmo inicialmente ofereceu da gente deixar tudo no local e buscar no outro dia e tentamos argumentar que o evento acabaria as 00:00 e que tinha que ter uma tolerância. Ruimar foi o escolhido do Coletivo para dialogar e após ouvir muitos gritos sofrer empurrões ameaça de conhecer o fiado (taco de beisibol que segundo ele usa com folgados, devia usar para agredir ele mesmo). Deu um soco pelas costas de Ruimar que saiu do estabelecimento que o mesmo se referia como sua casa. Ruimar volto e quebrou um cano de meia polegada com as mãos que havia água dentro do cano.
Fora que por varias vezes falo que estava fazendo de graça, se R$ 250,00 não é dinheiro para ele por que fez questão de tanto dinheiro como vamos discorrer...

4º - Após o lance com Ruimar o proprietário começou a berrar com Orlando, Mel e Esdras sobre pagamento; Orlando ligou para Petrônio que chego lá e falo que acertaria no outro dia.

O outro dia

5º - O proprietário do espaço veio via MSN conversar cobrando R$ 100,00 do concerto do cano e falamos que ele poderia receber da Mel que o pagou R$ 800,00 referente a concerto+faxina+aluguel de caixa+chopp.

6º - Não libero que buscássemos instrumentos de banda enquanto não fosse pago mais R$ 600,00 que não sabemos de onde. Durante o dialogo o mesmo aumento a voz varias vezes e inventava desculpas idiotas que só alguém tratado no rancho da pamonha acreditaria. Nestes R$ 600,00 foi cobrado um barril de chopp que seria aberto em caso de necessidade.

7º - O proprietário pegou 75 fichas de chopp para sua galera que seria abatida no final e depois quis pagar o quanto queria R$ 1,66 por copo (lembrando que compramos o chopp dele e pagamos o preço que ele quis). O mesmo argumentou que o valor do chopp consumido por sua galera (124,50) era referente ao vazamento de água. Questionado sobre registro disse que só havia encima, o que deve ser mentira pois uma construção daquele tamanho... E na casa do Petrônio que tem um ladrão de água nas caixas para cair agua no galinheiro e na horta não chega esse preço em um mês.

8º - O concerto da água que o sujeito falo pelo MSN que era R$ 100,00 viro R$ 250,00. Pedimos nota fiscal ele falo que ia comprar uma e estamos esperando. Pois no meio de suas inverdades ele falo que compro cano e alugo andaime e foi executado o concerto na madrugada... onde vende cano e aluga andaime de madrugada que não da nota? Andaime é R$ 7,00 por andar, um bombeiro hidráulico normalmente cobra R$ 5,00 a R$ 10,00 para colocar ou remendar cano... E segundo o cara compro cano novo, mas o cano já veio com poeira, riscos e empano para combinar com o projeto arquitetônico do local né. Fora que não deixou a gente levar um engenheiro para orçamento e como o Ruimar quebra algo com a mão (o cara tem 1,70 e pocos) e um pedreiro precisa de andaime?!.

9º - Converso sobre um membro do Coletivo esta fazendo sexo com sua esposa no carro onde estava bem próximo a rampa e todos poderiam ver, fora que a mulher citada ganhou uma filha a menos de 2 meses.

10º - Quando foi buscar R$ 800,00 com a Mel a ofendeu e quando Orlando foi buscar instrumentos não deixo.

11º - Matheus de Sousa violonista e vocalista do Sapiranga foi na casa do Petrônio buscar seu violão e ambos foram ao local do evento para fazer o pagamento e acabar a palhaçada e tentamos conversar para limpar o local já que teríamos que pagamos R$ 50,00 para que não limpo o local, achamos que devíamos fazer de novo já que pagamos e não foi executado. O dono não deixo, sendo que ele ofereceu um dia antes.... vai entender...


Só para esclarecer que em momento algum nos negamos a pagar pelo prejuízo causado pelo Ruimar desde o inicio da conversa via MSN e pessoalmente, só não concordamos com os valores. Mas como ele cobrou não queremos cobrar as costas dele para dar um soco ou o ouvindo dele para gritarmos com ele.
E esse ano não tem campanha pro Grito Rock e sim dê um pão velho e um pigado que tem milionário morrendo de fome.

"QUEM ROUBA POUCO É LADRÃO
  QUEM ROUBA MUITO É BARÃO
  QUEM ROUBA E AINDA SE ESCONDE
  PASSA DE BARÃO A VISCONDE"
  Três Pratos de Trigo Para Trinta Tigres Tristes - El Efecto

segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

2012 o ano do Pé



Na China é o ano do dragão que representa um monte de coisas, no calendário Maia fim de um ciclo e no Brasil/Minas Gerais/Leste/Vale do Aço/Ipatinga é o ano do Pé: Pé-de-pano, Pé-de-valsa e o nosso do Pé-de-cabra.
Pé-de-pano: chegamos “sem pedir licença” e atropelamos tudo mais uma vez em um lugar onde nunca fizemos shows e tava parado a tempos (Aciaria Hall) e no Garajão (onde o Pé-de-cabra já tinha feito evento, mas não o Coletivo).

Pé-de-valsa: porque cada vez mais as pessoas estão dançando nos eventos, parando de ficar parada observando e bebendo apenas. Ontem foi muito legal ver as pessoas sambando e amassando lama com o show do Sapiranga e depois dançando ao som do Cigarro Picado como cada um queria dançar ou seja destruindo tudo.

Pé-de-cabra: porque somos estilo Nego Drama do “Esse não é mais seu/Hó/Subiu/Entrei pelo seu radio/Tomei/Cê nem viu/Noi é isso ou aquilo” só troque o radio pela internet pelo panfletárismo de buteco que fazemos. Agora a missão não é mais exclusivamente de Ipatinga é do Pé-de-cabra (Timoteo) Conteudo Avulso (Fabriciano) Buteco do Portuga (Paraiso) Pedra Negra (GV).

Como já citei o Racionais quero citar agora Adriana Calcanhotto que fica naquela musica Estrelas repetindo “Para quê?” Pra que cover gente? Se temos otimas bandas na região fazendo ótimos sons autorais e releituras como foi ontem no evento o Sapiranga com pouco mais de dois meses toco 2 musicas deles e umas 10 releituras que desconstruiriam as musicas usando praticamente só a letra original; e o Cigarro Picado com aquela coisa de revesamento vocal, na bateria, Caninha exclusivamente no teclado e com Nagib e Juninho dando umas pincelada la também.

Ou seja estamos muito felizes com a situação e muito obrigado a Multivias que entro na correria com nos mais uma vez. Agradecer tambem ao Sapiranga, Cigarro Picado e ao publico que compareceu mesmo com mudanças encima da hora e o evento que seria um Matinê viro um Noturno o que seria um Sambareggae viro Raprockanrollpsicodeliahardcoreragga como diria o Plaent Hemp.

(To cheio de citação hoje, Massa?!)
*Fotos de Eduardo Galleto, Rafael Martins, Thais Fullin, Itallo Campos e Camila Coura.

terça-feira, 17 de janeiro de 2012

“não temos culpa se os jovens estão mais interessados em cultura”


A festa de aniversario do Coletivo começou com essa frase, para mim particulamente... mas vamos usar o texto do Talles Lucena que ta no site do Panela Discos.

Mas na quinta-feira o pessoal chegou cedo em patinga e “tava frio” pra galera e ai já desci pra casa com as meninas da RedeCem para fazer compras e almoçar, voltamos a tarde com a Poli (repórter do Diário do Aço) para uma reportagem sobre o Mova-CE e de lá banho e Noite.
 
Foto por Angélica Maia - #MovaCE
A Noite foi foda começamos no bar Celeiro onde teve show do grupo Casa di Bamba e todos estavam bem à vontade dançando e bebendo. Após o Celeiro fomos pro Bom Re Mi Fá bar de rock, onde estava tocando uma banda cover do Pink Floyd.

Sexta-feira foi mais light com o churrasco em pauta, muitas conversas infinitas, roda de violão com musica e montagem da exposição e compacto.art que ia rolar no dia seguinte.

Compacto.Art - 2 anos de Coletivo Pé de Cabra


Sábado o grande dia!!

Madrugamos rumo ao centro para comprar os trens da exposição da FEL (Fora do Eixo Letras) e de lá fomos todos para o almoço que minha mãe fez. Durante o almoço recebemos a noticia que a pessoa responsável pelo bar furo com a gente e ai saímos na correria para montar o bar que funcionou da melhor maneira de 2 anos de Coletivoe 9 de Pé-de-cabra.

Chegamos no evento e tinha umas 200 pessoas na porta e umas 40 dentro, ai que acontece o fato que da titulo a postagem... Assim que cheguei tinha 3 mulheres por volta de 30 anos querendo entrar e perguntando do que se tratava para o segurança... ai chamei elas pra entrar e mostrei o que era e como funcionava... elas perguntavam insistentemente se era festa de adolescentes pois estavam vindo de uma e frustradas e que na porta só tina adolescentes, argumentei explicando o que era e que era um evento para todas idades e tal. Novamente ela pergunto se os adolescentes iam entrar pois pra ela aquilo era um sarau de poesia moderno ou hi-tech e que eles não iram entender; a resposta foi “não temos culpa se os jovens estão mais interessados em cultura” (Mas será que não temos? Pauta para outro post).

 
Foto por Angélica Maia - #MovaCE

E ai que antes da meia noite já tinha umas 300 pessoa no evento e com imprevistos a banda Eternal Hope que fecharia a Noite acabou sendo a segunda tocando um som pesadíssimo e as pessoas continuavam entrando e rolo ate show extra da banda Inflame. No domingo, fomos pra GV onde vimos a galera mais afinada no dialogo sobre Coletivo  local.
(to meio empolgado e não sei o que escrever, então vai ficar pela metade)

Saiba Mais sobre a turnê que circula o país com 6 bandas em 1 onibus todo adesivado, apoiado pelos coletivos membros da rede FdE. #MovaCE - Movimento Autoral Cearense, mostrando o melhor do rock independente de Fortaleza/CE.

Agradecemos ao Caio Nabuco e Moreira do Bom Ré pelo apoio na recepção da turnê.
Xyku Petrônio

sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

O ANIVERSÁRIO DO COLETIVO ESTÁ CHEIO DE NOVIDADES!

O Coletivo Pé de Cabra comemora dois anos de existência e traz para todos vocês além de 6 bandas autorais, artistas e escritores da região para expor seus trabalhos e iniciar o ano de 2012 com o pé direito! 
Com a curadoria/expografia de Esdras Aurélio, o coletivo apresenta: Suelen Gomes, Diogo Henrique, Esdras Aurélio, Lincoln Passos, Marcela Iwanaga, Rubem Leite e Tamiris Eusébio! Prestigie os artistas do Vale do Aço!


TEM MAIS...


Venha comemorar conosco e GANHE BRINDES da nossa Banquinha!!!
Para participar basta trazer agasalhos, alimentos, brinquedos, produtos de higiene pessoal e tudo mais que achar necessário para DOARMOS às vítimas das enchentes de Minas Gerais!


Você quer participar de nossa COBERTURA COLABORATIVA?
TRAGA SUA CÂMERA DIGITAL, tire muitas fotos de você seus amigos e descarregue na própria festa, publicamos suas fotos com seu nome para todos seus amigos compartilharem no FACEBOOK!


Ah, você faz aniversário dia 14 de janeiro? VENHA COMEMORAR CONOSCO, você não paga entrada! Basta apenas apresentar o comprovante da data do seu nascimento. VOCÊ É NOSSO CONVIDADO!


Quer saber mais? Curta nosso evento no FACEBOOK:


terça-feira, 10 de janeiro de 2012

PÉ-DE-CABRA + MOVA-CE + ARTISTAS INDEPENDENTES DO VALE DO AÇO

A turnê MOVA-CE fará cerca de 20 shows a partir do início de janeiro de 2012, traçando um percurso que passa por diversas cidades que vão do nordeste ao sudeste, recortando o Brasil levando a música cearense para outros territórios e coletivos que fazem parte do Circuito Fora do Eixo. 

SEIS bandas mais ativas do selo e também as mais experientes em shows dentro e fora do estado do Ceará embarcarão em um ônibus e cairão na estrada durante 30 dias.
As bandas integradas são

Full Time Rockers

                         


Sátiros

                           



Inflame




Bonecas da Barra




Thrunda 




The Good Gardem  



Nós dos Coletivo Pé-de-cabra, capricornianos do dia 06 de Janeiro, comemoraremos nosso 2º aniversário no dia 14 de Janeiro. E para nossa festa receberemos o músicos do MOVA-CE, além da presença das bandas locais:

Sapiranga
Gustão & Os BreckandDeckers
http://migre.me/7nRyS
Eternal Hope http://migre.me/7nRJS

Além de músicos autorais, teremos artistas de outras vertentes mostrando sua produção: vídeos, textos, fotografias, desenhos, pinturas, instalações

Ficou curioso? Então participe do nosso evento: https://www.facebook.com/#!/events/187679184656230/

Serviço:

Aniversário do Pé-de-Cabra
Atrações: 3 Bandas do Ceará + 3 Bandas Locais + Djs + Exposições de arte
Data: 14 de janeiro (sábado)
Horário: 20h
Local: Aciaria Hall (Cariru, Ipatinga)
Ingressos no local:R$ 12 (inteira) e R$ 6 (meia entrada)

sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

Hoje o dia é nosso mas a festa é sua dia 14


Retrospectiva 

De 1 para 2 anos ou de 2011 para 2012

Começamos 2011 no dia na quarta-feira 6 de janeiro com uma Noite do Vinil do Vinil no Sucata para comemorar nosso primeiro aniversário com direito a bolo, cerveja e amigos. Na época o Coletivo ainda contava com Francisco Petrônio (Xyku), Ráysa Fernandes e Guilherme Miranda, e com um leque de colaboradores grande como o advogado Deivid Julio(Taroba), o estudante de engenharia Filipe Ribeiro, a jornalista Edlayne de Paula, o cientista social Kelson Bueno, a estudante de comunicação Isadora Zeferino, a professora Mª Rita e o advogado José Francisco. Junto a essas pessoas o bar teveuma circulação de 250 pessoas mais ou menos, onde foram distribuídas 150 cartilhas com a historia do Pé-de-cabra ate chegar ao formato de Coletivo. E Taroba volta a integrar o Coletivo...
Recebemos a noticia da aprovação do Balido na Lei Estadual de Incentivo a Cultura.



Grito Rock
Nos dias 26 e 27 de março realizamos a nossa segunda edição do Grito Rock, tivemos o retorno do Taroba ao Coletivo que foi fundamental em nossos bate e bocas com os sangue sugas do Ecad. Tambem vieram os agente do FEM (Fora do Eixo Minas) Flavio Char Char e Paula Forceps. O Festival contou com as banda: Alice Narcoléptica, Atomicos Mc´s, Os Capiau, Eternal Hope, Fall'n Grace, Flor de Gaia, Scion Of Hybrios, Silent Cry, Eternal Ilusion, Laranja Serra D´Água, xCOERENCIAx, Jobão, Galanga, Zimun, The Imperial Betrayer, RastaCourage, The Mary Go Round, Dj Cabelo.  Link foto: Sabado, Domingo
Após o evento os membros Guilherme e Ráysa se desligaram do Coletivo se dedicando a outras atividades culturais pelo Vale do Aço, Guilherme ainda contribuiu com o Coletivo na montagem do projeto do terceiro Balido enviado para o edital de Lei de Incetivo a Cultura de MG.



Festa da Mentira
Dia 09 de abril aconteceu a 5ª edição da Festa da Mentira, evento esse que alem de ter contado em sua existência com diversas bandas da região dos mais destintos estilos musicais passaram tambem artistas comoOs Pedrero (ES) e Rockz (RJ). E no quinto aniversario quem fez a festa foram as bandas: Os Capiau, Fall’n Grace, Alcatéia, Leptospirose, Gustão & Os BreckandDeckers, e quem encerrou a noite foi o DJ Cabelo.  Link: veja mais  Link : foto
Após a festa foi a vez de Deivid deixar o Coletivo para se dedicar aos estudos na capital.



Reduzindo o Ritmo
Após a Festa da Mentira o Coletivo se dedicou as reuniões abertas para trazer novas pessoas ao grupo, realizando reuniões no Parque Ipanema e nas casas dos interessados Goretti Zeferino, Xyku Petrônio e Vinicius Rodrigues.
Durante este meio tempo o Coletivo foi convidado por Camila Andrade para fazer uma fala sobre produção e economia cultural para os cursos de Comunicação e Administração do Centro Universitario do Leste de Minas - Unileste. O que seria uma fala breve acabou se estendendo devido o interesse despertado do professore e alunos que se sentiram estimulados e questionaram de forma direta e indireta a querer saberem mais do Pé-de-cabra, por alguns terem ido aos eventos ou por terem conhecimento através das redes sociais ou imprense local. Na ocasião o Coeltivo foi representando Francisco Petrônio e Rodrigo Souza.



Junho
Realizamos o Fórum Mineiro de Musica, com 44 pessoas na plateia. Sendo 90% das pessoas público dos nossos eventos, e mais da metade exclusivamente publico, deixando claro a preocupação do publico com o que vem acontecendo no cenário musical da região.



Julho
No dia 7 de julho fizemos nossa primeira parceria com a casa de shows Oficina’s Pub de Governador Valadares, realizando o show da banda baiana Vendo 147.
18 de julho Xyku, Patrick Moreira e Ioxi foram pro Congresso Mineiro doFora do Eixo e depois para o Festival Escambo em Sabará. De lá Xykujá saiu com o Balido traçado na cabeça, pois ate então a ideia era outra totalmente diferente...
No dia 29 de julho fizemos a primeira Noite Fora do Eixo em GV com os show das bandas mineiras Basura (Sabará) e Clube dos Canalhas (GV), do interior paulista Nullius Avarus e Os Relpis. O show foi histórico pro ter lotado a casa após ter a visita dos sempre gentis homens da lei, de vários setores; nessa ordem: Juizado de Menores, Vigilância Sanitária, Ordem dos Músicos do Brasil, Policia Militar, Civil, Delegado, Policia Federal. Neste show contamos com a Náiada Sten dando uma força na divulgação.
No dia 30 caímos na estrada para Ipatinga as 4 bandas e mais uma vez experimentamos um novo local para shows que foi a quadra da escola municipal Barnabé, onde alem das bandas que se apresentaram em GV tocou também o Dj Cabelo, e teve tambem a exposição de poesias do Ogait e a Camila Andrade organizou uma exposição de pinturas em tecido.


Agosto
Tivemos uma reunião com o Bom Ré Mi Fá onde fechamos o show da banda Galanga de Ouro Preto.

Setembro

Emplacamos duas Noite Fora do Eixo seguida no Oficina’s Pub sendo dia 02 os baianos do Garboso e dia 03 a banda argentina Malaquerencia que viraram lenda na cidade e fizeram uma musica com Gaspar.
Dia 03 a banda Galanga se apresentou no Bom Ré Mi Fá.
TamirisEusebio foi para o Festival Transborda (BH) através do Edital de Vivencia do Circuito Mineiro de Festivais.
Após o Festival Balido aconteceu uma confraternização na casa do Xyku com todos que ajudaram no Festival e/ou tocaram.



Festival Balido
Dia 31 começou o Festival com transmissão da WebRaido Fora do Eixo no Sucata Bar enquanto rolava a Noite do Vinil. Nesse dia começaram a chegar agente do FEM Leticia Rezende, Luiza Guedes e Mayara Barbosa, ainda rolou um bate papo com interessados pelo Fora do Eixo, estiveram nesse papo Thiago Moreira, Victor Hiroshi, um brother do Victor, Mariana Guimarães. No fim da noite Leth fez uma entrevista com Murilo Bastos para a WebRadio.
Dia 1 começou a chegada dos a gententes do FEM Luciano Viana, RaissaGalvão e Gian Martins. A noite aconteceu a Oficina de Midialivrismo que contou com 19 pessoas e delas saíram a espinha do Coletivo ou seja muitos viraram membros: Orlando Junior, Juliana Furtado, NoeliaBonfim, Tamiris Eusebio, Luana Kelem, Barbara Castro, Freddy Cosme, Hofner Moraes.
Dia 2 começou com uma queda de energia onde deslocaram todos da casa do Xyku para o Ipaminas, depois voltaram para a casa do Xyku com a banda Malaquerencia que a noite fez um debate sobre a situação da musica autoral na America do Sul. Depois demos continuidade a Oficina de Midialivrismo e posteriormente fomos alunos, oficineiros, FernandoSiman presidente do D.A. Da FADIPA e a banda para noite.
Dia 3 e 4 rolaram os shows das bandas: The Mary Go Round, Uganga, Festenkois, Zeferina Bomba, Rael da Rima, Gustão e osBreckandDekers, Cigarro Picado, Eternal Hope, Candeeiro Encantado, Dibigode, Galanga, Malequerência, Forgotten Boys, Congado João Paulo 1º e Dj Cabelo. Vamos deixas os links para galera conferir, porque quem foi foi quem não foi com certeza ouviu falar sobre o festiva, que alem de musica teve Varal da Arte e intervenção de grafite no palco  Link: leia mais Link: veja mais Link: foto




Outubro
Dia primeiro de Outubro começou bonito com a primeira Noite Fora do Eixo em Ipatinga com shows das bandas Ladrão (RJ) e Mad Matters (GO) no Galeria do Rock em Ipatinga, e o agente do FEM Tassio Lopes esteve na cidade ajudando na realização do evento. No segundo dia do mês partimos para Governador Valadares onde as bandas tocaram em parceria do Coletivo com o Oficina´s Pub e la trocamos ideia com Jonny Coelho e FelipeValderama para montar um coletivo na cidade. Link: foto  
Dia 29 aconteceu outra Noite Fora do Eixo as bandas Macaco Bong e PEZ da Argentina, alem dos shows que foram excelentes aconteceu tambem uma discotecgem realizada pela Tamiris, o publico fez bonito mais uma vez gritando por mais e riscando as paredes do bar fazendo uma grande intervenção artística.  Link: foto

Em outubro começamos a realização semanal da Noite do Vinil no bar Cultura & Cana.
Aconteceu a entrada de Esdras Aurélio e Eduardo Galeto durantes reuniões em Ipatinga e Timoteo.
Durante as Noites do Vinil no Cultura & Cana muitas pessoas foram se aproximando do Coletivo e posteriormente integrando-o, entre eles Thais Fulin, Italo Campos e Rodrigo Miranda.



NOVEMBRO
Luana foi selecionada pelo Edital de Vivência e viajou no dia 17 de Novembro rumo ao Festival Novas Tendências em Uberaba, e para o Festival Goma em Uberlândia, para cobertura colaborativa. Festivais esses que fazem parte do Circuito Mineiro deFestivais Independentes (CMFI). Link: leia mais
Dia 30 em mais uma parceria com o Oficina's Pub a banda Ini se apresentou em Valadares.
Durante o més de novembro tambem começamos a desenvolver diálogos de parceria com a banda Flor de Gaia.
Hofner deixou o Coletivo, e tivemos uma reunião em Coronel Fabriciano onde Medão entrou pro Coletivo.


Dezembro o més do tudo ao mesmo tempo agora
Dia 01 realizamos um Noite Fora do Eixo especial de lançamento do site Flasheria.com com a banda INI  que estava relançando seu álbum a Caixa do Macaco e novamente discotecagem da Tamiris. Link foto
Dia 09/12 aconteceu outra Noite Fora do Eixo em parceria com o bar Sucata que comemorava aniversario e teve a apresentação das bandas Pequena Morte de Belo Horizonte, Flor de Gaia de Timóteo e discotecagem de Julia Dibioge (BH). Link: leia mais Link: leia mais
Dia 10 Ruimar foi para SP fazer um curso de produção de trilha sonora com Dado Vila-Lobos, ex guitarrista do Legião Urbana. E de la ficou no Congresso Fora do Eixo.
Dia 11 nove pessoas partiram para o IV Congresso Fora do Eixo, que aconteceu do dia 11 a 18 de Dezembro em São Paulo.
Durante o congresso Rodrigo fez vivencia de Web Radio.

Na véspera do Natal, dia 24, realizamos na Praça da Sankyu no bairro Cidade Nobre a Feira da Barganha, que foi aprovado pelo edital Banca Aberta 2011. Link : leia mais  Link: foto
E teve a volta da Noite do Vinil ao Sucata Bar.



2012
Dia 14 vamos comemorar, se liga na ideia


GOSTARÍAMOS DE AGRADECER A TODOS QUE NOS AJUDARAM DE MANEIRA DIRETA OU INDIRETA NÃO CITAMOS AS REUNIÕES NA PREFEITURA POIS PERDEMOS A CONTA DE QUANTAS FORAM, MAS DE LA VALE CITAR E AGRADECER DE + AO CHICÃO E A MEL